O Portal Jack Comunica não se responsabiliza pelos conteúdos publicados pelos nossos colunistas.

Música

‘Inajá Iê’ canta o sertão em novo single de Charles Theone

Cantando um Nordeste florido e cheio de vida, o cantor pernambucano Charles Theone apresenta o seu mais novo single: ‘Inajá Iê’, disponível nas principais plataformas digitais (Itunes, Amazon, Deezer, Spotify e Youtube). Acesse através do link https://tratore.ffm.to/inaja-ie.

A canção que retrata a história do compositor e poeta, apresenta um enredo sobre a importância de levar a cultura nordestina pelo mundo, destacando suas belezas, abundância, diversidade e recursos naturais.

Situação vivenciada pelo artista, que já se apresentou em mais de 88 cidades, somente na Europa, ‘Inajá Iê’ é um xote pé de serra envolvente, ritmado com muito swing e atitude, inspirados na psicodelia dos anos 70 de bandas, como Avé Sangria, do guitarrista Paulo Rafael. “Além disso, esse é um xote inspirado no regionalismo do nosso Rei do Baião, Luiz Gonzaga, e na progressividade do meu mestre Alceu Valença”, comemora.

O cantor destaca que a composição é uma homenagem aos seus pais, José Leônidas e Antônia Áurea, e a tudo que faz parte da sua construção de vida como artista. “Nessa canção eu falo da minha trajetória pelo mundo, do amor que eu tenho pelo Brasil e pelo nosso nordeste, por Recife e Olinda e pela minha cidade Inajá, no Sertão do Moxotó. Essa canção é um abraço no meu povo e nas minhas origens”, ressalta.

Para o pernambucano é um orgulho poder compartilhar sobre a cultura da sua terra em arte musicada. “Compor e cantar ‘Inajá Iê’ é um mergulho na minha história e um cheiro na alma do meu povo, é um aboio de agradecimento de onde vim e por tudo que sou”, frisa.

Além da canção, o cantor lança no mesmo dia, em seu canal no Youtube, o ClipeDOC de ‘Inajá Iê’. Esse é o terceiro trabalho audiovisual da trilogia que possui a estética de filme rural, gravado no Sertão Profundo com direção e fotografia de Max Lavay. Disponível em https://www.youtube.com/watch?v=IRi3cRD2aKc.

O artista revela que a inspiração para a criação da estética do ClipDOC se deu pela vontade de visibilizar a cultura nordestina em seus diversos ângulos. “A criação da estética é registrar em imagem a pluralidade, sabores e cores do nosso povo. É dar voz a simplicidade e valorizar as riquezas do nosso nordeste”, finaliza.

Projeto musical une as belezas do sertão florido

Tendo o pedido do seu pai como ponto inicial para a inspiração principal deste projeto Forró Colorido, Charles, que já viajou o mundo levando a cultura nordestina, revela como surgiu a ideia de cantar sobre este sertão florido.

“Cuidando do meu pai, na UTI, ele me pediu para gravar um novo álbum dedicado à nossa cidade Inajá, no Sertão do Moxotó pernambucano. Ele falou que seria muito importante eu revisitar minhas origens e que eu deveria inserir nas minhas canções a força, coragem, fé e a alegria do nosso povo”, relata.

Devotos de São José, padroeiro da família, a canção ‘Forró Colorido’, que dá título ao álbum, foi composta em parceria com o amigo Ed Ribeiro – um dos maiores artistas plásticos da arte contemporânea mundial. “Nosso álbum vem colorido, fértil, alegre, liberto e próspero”, destaca Charles.

Sempre presente em sua terra, mesmo em meios as viagens que fez pelo mundo à frente do Maracatu Nação Pernambuco, Charles conta como foi o processo de reconexão com suas raízes no sertão para a criação do álbum ‘Forró Colorido’.

“Mesmo tendo viajado o mundo e já estando na estrada há muito tempo, eu sempre voltava para matar a saudade da família e coisas que tanto amo no meu sertão. O que mudou foi eu exercitar mais ainda o meu olhar para enxergar na simplicidade do meu povo e da minha terra os verdadeiros valores da vida”, explica.

O artista fala que este novo álbum visa apresentar os sabores do sumo de toda a tropicalidade social e cultura do Nordeste. “Nosso povo é colorido e alegre, além de sua devoção e fé por dias melhores”, completa.

FICHA TÉCNICA DA MÚSICA

Gravado no EStúdio C4
Produção e Direção Musical – Pablo Sousa e Charles Theone.
Violão e viola – Pablo Sousa
Baixo – Robson Sousa
Acordeon – Cezinha
Bateria – Rogério Rato
Zabumba e Triângulo – Quartinha

FICHA TÉCNICA DO CLIPDOC

Direção e Fotografia – Max Levay

SOBRE O ARTISTA

Nascido em Inajá-PE, sertão do Moxotó, Charles iniciou sua trajetória artística desde muito cedo, com a convivência entre os vaqueiros, aboiadores, bandas de pife, festejos de novenas e dos Santos Padroeiros. Aos 13 anos começou a cantar na Banda da Cidade, Clave de Sol.

Com longa trajetória artística, o cantor passou pelo grupo Maracatudo Nação Camaleão em Olinda, onde ganhou destaque, sendo então convidado para assumir a voz principal do Maracatu Nação Pernambuco.

Durante os dez anos que passou à frente do Maracatu Nação Pernambuco, Charles fez turnê pela Europa, passando por mais de 88 cidades percorridas no velho continente. Já em carreira solo, o cantor recebeu prêmio no Festival New Orleans, sendo destaque na capa principal do Jornal Americano New York.

Para mais informações sobre o lançamento da música ‘Inajá Iê’, entrevistas, pautas, acesse o Instagram @charlestheone.

Tags

Jacson Gonçalves

Tenho 25 anos sou natural de Salvador, Bahia. Sou cadeirante, jornalista, Blogueiro e Digital influencer. Ser jornalista é também contribuir com o exercício da profissão e ter na veia a responsabilidade social de levar informação e entretenimento.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1 × 3 =

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios